Sindspref denuncia gastos desnecessários na Prefeitura de Maceió

Presidente do Sindspref, Sidney Lopes

Aumento da terceirização dos serviços prestados para o município de Maceió e despesas milionários mensais com publicidade foram denunciados pelo presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Maceió (Sindspref), Sidney Lopes, durante Assembleia Geral realizada na segunda-feira (23) no auditório do Sindicato dos Bancários de Alagoas.

De acordo com o presidente do Sindspref a gestão do prefeito Rui Palmeira passou de R$ 5 milhões para R$ 8 milhões em gastos com terceirização no município; e, com previsão de um aumento maior, pois profissionais da área de informática também estão começando a ser terceirizados.

“Além da valorização da terceirização em detrimento ao funcionário público, a Prefeitura vem gastando por mês em torno de R$ 2 milhões apenas com publicidade. Estamos acompanhando de perto todas essas despesas da gestão do prefeito Rui Palmeira, pois uma das principais justificativas dele para a recusa do aumento salarial dos servidores é a falta de dinheiro nos cofres municipais”, expõe Sidney Lopes.

Uma nova Assembleia Geral será realizada no dia 10 de maio pelo Sindspref no auditório do Sindicato dos Bancários de Alagoas com o intuito de debater a data-base e a Greve Geral, já que a Prefeitura de Maceió não marcou reunião da Mesa de Negociação Coletiva para atender as solicitações do sindicato de acordo com Ofício nº 15/2018 enviado no dia 30 de janeiro.

Sindspref | Assembleia Geral Extraordinária

Data: quinta-feira (10/05)

Local: Sindicato dos Bancários de Alagoas

Endereço: Rua Barão de Atalaia, 50 – Centro, Maceió

Hora: 1ª chamada 14h30 | 2ª chamada 15h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *