Servidores encerram greve para iniciar Campanha Salarial 2019

Categoria conquistou 3% de reajuste na Campanha Salarial de 2018

 

Durante Assembleia Geral realizada na manhã de terça-feira (13) no auditório do Sindicato dos Urbanitários, os servidores públicos do município de Maceió decidiram terminar a Greve, considerada legal pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), que se estendeu por 119 dias em busca de valorização salarial.

A categoria defendeu ao longo de quase quatro meses os seus direitos a reposição salarial anual com data-base em janeiro e de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor (IPCA). O prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB) que iniciou as negociações com a proposta de 0%, sucumbiu à força do movimento paredista até deliberar o reajuste a reposição salarial de 3%; sendo 2% implantado em agosto, retroagindo seus efeitos a junho de 2018, e 1% a ser implantado em outubro.

O Movimento Unificado dos Servidores Públicos pleiteou um percentual maior: 15,41%, referente as perdas da inflação acumulado dos anos de 2014, 2015, 2016 e 2017. “Apesar do reajuste ter ficado abaixo do pretendido, não saímos perdendo, muito menos desanimados, pois no início das negociações o prefeito Rui Palmeira bateu o pé dizendo que ia dar 0%. Mas a força do trabalhador e dos sindicatos possibilitaram o reajuste de 3% para 2018”, explica o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Munícipio de Maceió e Região Metropolitana do Estado de Alagoas (Sindspref), Sidney Lopes.

De acordo com o presidente do Sindspref, a Campanha Salarial de 2019 já começa a ser planejada. “Não vamos aceitar as perdas salariais, vamos finalizar esta greve para iniciar uma nova campanha, cobrando os nossos direitos garantidos por lei e a data-base em janeiro”, reforça Sidney Lopes.

Os postos de serviço, que estavam funcionando com o quadro de funcionário reduzido por conta da Greve Geral, retornam ao normal na segunda-feira (19), após envio dos comunicados ao Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) e à Prefeitura Municipal de Maceió, que será realizado ainda esta semana pelos sindicatos integrantes do Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Município de Maceió.

O Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Município de Maceió é composto pelo Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Maceió e Região Metropolitana do Estado de Alagoas (Sindspref), Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal), Sindicato dos/as Assistentes Sociais do Estado de Alagoas (Saseal), Sindicato dos Nutricionistas do Estado de Alagoas (Sindnut), Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Alagoas (Sineal), Sindicato dos Psicólogos do Estado de Alagoas (Sindpsi), Sindicato dos Farmacêuticos do Estado de Alagoas (Sindfal) e Sindicato dos Trabalhadores em Seguridade Social e Trabalho no Estado de Alagoas (Sindprev).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *