Prefeito de Maceió tem até o dia 4 de fevereiro para responder reivindicação de servidores

Servidores públicos municipais pedem 16,10% para reposição salarial em 2019

Todos os sindicatos integrantes do Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Município de Maceió já enviaram ofício para a Prefeitura Municipal de Maceió com o requerimento dos 16,10% para o reajuste salarial em 2019. O percentual é referente ao Índice Nacional de Preços do Consumidor (IPCA) de 2018, que foi de 4,17%; e às perdas salariais dos anos de 2015, 2016, 2017 e 2018.

O prazo para o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), se pronunciar sobre o pedido da categoria é até segunda-feira (4), às 9h dia em que está marcado a próxima Assembleia Geral do Movimento Unificado no auditório do Sindicato dos Bancários, Rua Barão de Atalaia, nº50, Centro.

Assembleia Geral Unificada no dia 17 de janeiro de 2019

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Maceió e Região Metropolitana do Estado de Alagoas (Sindspref), Sidney Lopes, a mesa de negociação com a Prefeitura de Maceió está sendo cobrada desde a primeira semana de janeiro.

“A data-base do servidor público municipal de Maceió é janeiro, por isso é necessário que o prefeito de Maceió, Rui Palmeira, não enrole o trabalhador municipal e só libere a mesa de negociação no meio do ano. Temos plena consciência dos nossos direitos, por isso estamos o cobrando de forma clara e enfática, principalmente pois desde 2015 estamos acumulando perdas salariais”, esclarece Sidney Lopes.

Assembleia Geral
Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Município de Maceió
Dia:  segunda-feira (04/02)
Hora: 9h – primeira chamada | 9h30 – segunda chamada
Local: Sindicato dos Bancários, Rua Barão de Atalaia, nº50, Centro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *