Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência acontece sexta-feira (22)

Em Maceió, concentração será às 15h, na Praça Centenário

 

As centrais sindicais e os movimentos sociais de todo o Brasil estão unidos contra a reforma previdenciária. Pensando em barrar todas as injustiças promovidas pela Proposta de Emenda Constitucional nº 06/2019, que foi entregue aos parlamentares pelo Governo Federal no dia 20 de fevereiro de 2019; será realizado em todo o Brasil, o Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência na próxima sexta-feira (22). Em Maceió, a concentração será às 15h, na Praça Centenário.

 

Para o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Municipio de Maceió e Região Metropolitana do Estado de Alagoas (Sindspref), Sidney Lopes, é de grande importância que toda a população esteja envolvida para lutar contra todas as consequências cruéis para os trabalhadores e trabalhadoras. “Não deixe que os políticos tirem o seu direito à aposentadoria. Qual o motivo de contribuir, se nem você nem a sua família, irão poder usufruir do seu esforço e dedicação ao longo de tantos anos de trabalho? Quem tem que pagar pelos erros são os políticos! E não a população”, reforça Sidney Lopes.

Se aprovada, a reforma da Previdência do Governo Bolsonaro irá trazer diversas consequências para o futuro dos brasileiros. As mulheres irão trabalhar mais e receber menos, os idosos em situação de miserabilidade irão viver em pobreza extrema; todos terão que contribuir durante 40 anos para poder tirar 100% do benefício, a pensão por morte será cortada em 50%, o dinheiro do contribuinte irá direto para o acumulo de riqueza dos bancos, com o sistema de capitalização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *