Servidores votam sim, para os 3% de recomposição salarial

Durante Assembleia Geral do Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Município de Maceió, realizada na manhã desta quarta-feira (7), os servidores públicos municipais de Maceió votaram sim, para os 3% de recomposição salarial. As duas progressões por mérito dos biênios de 2015/2017 e 2016/2018 para serem pagas em janeiro de 2022 e em julho de 2022 foi negada pela maioria e seguirá em negociação com a Prefeitura de Maceió.

Assembleia Geral do Movimento Unificado dos Servidores Públicos Municipais de Maceió aconteceu na Praça Dois Leões, em Jaraguá

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Maceió e Região Metropolitana do Estado de Alagoas (Sindspref), Sidney Lopes, a proposta apresentada pelo movimento sindical para a recomposição salarial foi de 4,52%, o Executivo ofereceu 3%.

“Hoje votamos sim para a recomposição salarial, que começará a ser paga em outubro deste ano para todos os servidores, seja ele sindicalizado ou não. As progressões por mérito ainda estão em negociação”, explicou Sidney Lopes.

A proposta da administração pública para pagar as progressões por mérito é de iniciar em janeiro de 2022 o biênio 2015/2017 e em junho de 2022, começar a implantação do biênio 2018/2020.

No início do ano, foi apresentado ao Executivo Municipal um parecer contábil, que demonstrou a viabilidade de todas as reivindicações dos funcionários públicos municipais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *